Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

29/09/2022 16:15
  • Estudantes com deficiência visitam o Parque das Dunas em atividade de interação
Foto: Manoel Barbosa/SME

Inclusão social para estudantes com deficiência e práticas corporais foram realizadas nesta quinta-feira (29), com alunos do 6° ao 9° ano da Escola Municipal Professor Waldson José Bastos Pinheiro, no Parque das Dunas. A aula foi pensada como uma forma de incluir os alunos com deficiência da unidade de ensino, em atividades corporais como dança, jogos com utilização de bolas e o passeio pelo parque. A ação acontece em alusão ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, comemorado no dia 21 de setembro.

Reforçando a inclusão dos estudantes com deficiência na Rede Municipal de Ensino, Priscilla Ferreira Ramos Dantas, chefe do Setor de Educação Especial da SME-Natal, acompanhou a aula de campo e comentou sobre o trabalho que vem sendo feito pela SME para incluir cada vez mais os alunos nas escolas. “É importante essa interação entre os estudantes, principalmente aqueles que não tem deficiência possam entender que os alunos com deficiência podem participar e interagir como qualquer criança. Esses momentos são fundamentais para o desenvolvimento deles. Na Rede temos 2.004 alunos com deficiência matriculados e nos últimos anos tivemos um aumento dessas matrículas, fruto de um trabalho que visa reconhecer e valorizar as diferenças, garantindo os direitos deles”. A professora Priscila Dantas citou ainda algumas ações promovidas, como a matrícula antecipada, o transporte escolar acessível, professor de Libras e profissionais de apoio e capacitados para trabalhar com individualidades.  

Atuando como professora na sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE), da Escola M. Professor Waldson José Bastos Pinheiro, Jailma Cavalcante Baraúna, ressaltou que a atividade foi organizada para ser uma aula de campo inclusiva, proporcionando interação e lazer para os estudantes. “Onze alunos com algum tipo de deficiência participaram do momento, com outros 22 alunos sem deficiência. Eles estão acompanhados dos pais e em um contexto idealizado para ocorrer a inclusão deles. Tudo foi planejado para criar uma atmosfera confortável para participarem das atividades e passarem por essa descoberta do parque e das brincadeiras com os colegas”, disse.   

O estudante com autismo, Mike Johan Medeiros, nunca tinha ido ao parque e contou o que mais chamou sua atenção foi ver a coruja e a raposa na sala de animais. A mãe de Mike, Veridiana Silva de Medeiros, relatou que é emocionante participar desse momento com seu filho e ver a interação promovida pela equipe da escola. “Não é só importante para ele os outros coleguinhas pela interação, mas é importante que ele saiba que ele pode contar não só comigo, mas também com outras pessoas.  O acolhimento que a professora está dando gera uma oportunidade muito grande para que ele possa conhecer muitas outras coisas. Muitas vezes eu não tenho tempo para mostrar as coisas a ele e estou muito feliz de ver uma atividade como essa”, finalizou a mãe. 





Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  

SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css