Lei de Acesso
 

Faça sua busca pelo site


Notícias

natal.rn.gov.br » Notícias » Notícias

09/10/2019 13:05
  • Prefeito discute com equipe da Educação adesão ao modelo de Escola Cívico-Militar
Manoel Barbosa

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, se reuniu na noite desta terça-feira (08/10) com a secretária municipal de Educação, professora Cristina Diniz, e com a equipe pedagógica e administrativa da Secretaria Municipal de Educação para tratarem do processo de adesão, dentro dos padrões do Governo Federal, da Escola Cívico-Militar no município de Natal. 

 

 

Na ocasião, o chefe do executivo municipal ressaltou o interesse de aderir ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, com a finalidade de promover a melhoria na qualidade da educação básica no Ensino Fundamental. “Vamos buscar ter essa experiência em uma escola da Rede Municipal. A população de Natal é amplamente favorável a essa proposta. Lembrando que a autonomia pedagógica do município vai ser respeitada”.   

 

 

O prefeito iniciou a reunião falando da sua luta, em diversas idas à Brasília, para conseguir arrecadar recursos financeiros para investir na melhoria da cidade. E, por isso, não poderia deixar de receber importantes recursos, precisamente, na ordem de R$ 2 milhões do Governo Federal, para implementação da Escola Cívico-Militar.   

 

 

Álvaro Dias conta, ainda, que vai pleitear com os municípios de Parnamirim e Mossoró uma das vagas para instalação da Escola Militar. São apenas duas escolas por Estado. O município de Natal vai fazer uma consulta pública à comunidade escolar sobre a adesão ao programa.   

 

 

Pela equipe pedagógica da SME, foram sugeridas duas escolas para avaliação, até a decisão final. Foram levados em consideração os índices de violência da região em que as escolas estão situadas, vulnerabilidade social, baixo rendimento no Índice de Desenvolvimento na Educação Básica (IDEB). As unidades de ensino indicadas para avaliação estão situadas na zona Oeste da capital.     

 

 

A reunião contou com a participação dos secretários adjuntos da SME, Ednice Peixoto (Gestão Pedagógica), Paulo Victor Barra (Gestão Escolar) e Francisco Erivaldo (Administração Geral) e com diretores de departamentos e chefes de setores da SME.   

 

 

Escola Cívico-Militar

O modelo de Escola Cívico-Militar é uma proposta do Governo Federal para uma gestão escolar compartilhada entre educadores e militares. O Ministério da Educação (MEC) afirmou que a meta agora é construir 216 escolas neste modelo em todos os 26 estados e no Distrito Federal até 2023.

 

 

O modelo cívico-militar é diferente do modelo das escolas militares mantidas pelas Forças Armadas. De acordo com o MEC, as secretarias estaduais e municipais de educação continuariam responsáveis pelos currículos escolares e caberia aos militares a atuação como monitores na gestão educacional.


Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Enviar por E-mail   Gerar para Arquivo/Imprimir  
SEMPLA desenvolvimento. Seguimos as seguintes recomendações de projeto: w3c_aa w3c_xhtml w3c_css